sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Pastinha DKS: Frango com Gorgonzola e Nozes




























Vai receber os amigo em casa e não sabe o que fazer para servir???
No post de hoje, vou ensinar a receita de uma pastinha rápida e deliciosa. 


Não tem como errar...


* Ingredientes:


-  Frango desfiado
-  Maionese
-  Queijo Gorgonzola em cubos
-  Nozes 
-  Limão
-  Cebolinha picada
-  Sal 
-  Pimenta do Reino


** Modo de Preparo:


1-  Não existe nenhum mistério no preparo dessa pastinha. Primeiramente, misture a maionese com o queijo gorgonzola em cubos;


2-  Depois, acrescente o frango desfiado, os pequenos pedaços de nozes e a cebolinha picada. Misture tudo de forma uniforme até conseguir uma pastinha homogênia;


3-  Acrescente suco de limão até conseguir a consistência desejada da pastinha;


4-  Tempere com sal e pimenta do reino à gosto;


5-  Para finalizar, decore o prato com um pouco mais de cebolinha picada por cima da pastinha e estará pronta para servir.




Voilá! 

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

La Botticella - O sabor da Toscana




Todo carioca admirador de uma boa comida italiana que se preze, conhece ou já ouviu falar desse restaurante situado na Estrada Sorimã 347, na Barra da tijuca.


O interior intimista e aconchegante do lugar, se parece com parte da Toscana, decorada como as cantinas do interior da Itália. Luz de velas, música ambiente e serviço personalizado fazem com que os clientes se sintam bem à vontade para degustar um variado e delicioso cardápio, aonde a especialidade da casa são as massas italianas artesanais, clássicas e contemporâneas. 


Experimentem o famoso Filettino Carmen. Um prato criado em 1979, que consiste em escalopinhos de mignon sauteé na manteiga, flambados no cognac e finalizado com creme de leite e champignons frescos. Acompanha o maravilhoso talharim fininho da casa. 


Todos esse atributos fazem com que o "La Botticella" possa se credenciar como um dos melhores restaurantes do Rio de janeiro.



Contato para reservas:

(21) 2495 - 9340
(21) 2429 - 3243
contato@labotticella.com.br


terça-feira, 27 de setembro de 2011

Receita DKS: Torta Gelada de Biscoito Calipso com Chocolate Branco



Receita


* Ingredientes:


- 200g de Biscoito Maisena (1 pacote)
- 130g de Biscoito Calipso (1 pacote)
- 100g de Manteiga (1 tablete)
- 130g de Chocolate Branco (1 barra)
- 300g de Creme de Leite (1 lata)
- 395g de Leite Condensado (1 lata)
- 1 Fava de Baunilha




** Modo de Preparo:


1-  Primeiramente, coloque o pacote de biscoito maisena no processador e transforme tudo em uma farofa. Acrescente uns 70g de manteiga (2/3 do tablete) junto à farofa e misture tudo com as mãos, até conseguir uma massa homogênia;


2-  Forre todo o fundo de uma assadeira com essa massa e separe;


3-  Em uma panela, em fogo baixo, misture 30g de manteiga (1/3 do tablete), uma lata de leite condensado, uma lata de creme de leite e a fava de baunilha, durante uns 10 minutos;


4-  Paralelamente, derreta a barra de chocolate branco em banho maria e misture-a com o conteúdo da panela;


5-  Pegue a assadeira, já com a massa de biscoito forrada no fundo, e a preencha com todo o recheio feito anteriormente;


6-  Leve ao forno, preaquecido à 220oC, por uns 15 minutos. 


7-  Depois, use os biscoitos Calipso para decorar toda a borda da torta;


8-  Coloque no congelador por uns 80-90 minutos e a torta estará pronta para o consumo.  




*** Dica do Chef:  


Use Chantilly, pedaços de Calipso e uma calda de chocolate para decoração. 




Voilá! 



segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Receita DKS: Capeletti de Parmesão ao Frango Calabresi


Receita


* Ingredientes:


1- Capeletti

- 250g de Farinha de trigo
- 2 Ovos
- Queijo Parmesão


2- Molho de Frango Calabresi

- 300g de peito de frango
- 2 Pimentões vermelhos em cubos
- 1 Cebola em cubos
- 1 Tomate em cubos
- Azeite
- Tabasco 
- Pimenta do Reino


** Modo de Preparo:



Capeletti


1-  Prepare a massa com a farinha e os ovos, misturando os dois até conseguir uma massa homogênia. Depois abra com o rolo até obter uma folha firme e uniforme, recorte em quadrados de 4 ou 5 cm de lado, e, coloque no centro um pouco de parmesão;

2-  Feche bem firme as bordas da massa formando um triângulo;

3-  Junte as duas partes superiores do triângulo, e em seguida dobre para trás a outra parte do triângulo;

4-  Cozinhe o capeletti em bastante água com sal, depois escorra e separe;



Molho de Frango Calabresi


1-  Cozinhe os peitos de frango durante uns 10 minutos em água, sal e pimenta do reino. Depois, coloque-os em um processador para cortá-los em pequenos pedaços bem desfiados;

2-  Misture os pequenos cubos de pimentões vermelhos, tomates e cebolas com o frango cozido processado;

3-  Adicione 5 colheres de sopa de azeite e 3 colheres de sopa de Tabasco, e leve tudo ao fogo baixo, misturando por 5 minutos;



*** Dica do Chef:  Polvilhe um pouco de queijo de cabra (Casablanca) e pimenta calabresa por cima da massa. Além disso, decore o prato com algumas folhas de manjericão fresco. Voilá!



Bon Appetit!







sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Atum Grelhado coberto com Mostarda e Aveia



Essa receita tem a assinatura do famoso Chef Jamie Oliver. A diferença é que na receita original, usa-se a truta, enquanto nessa variação, usaremos o atum. 

O prato tem um estilo bem clássico inglês, que usa a mostarda para dar uma certa textura a peixes levemente oleosos, como o atum, a truta e a sardinha. 


Receita para 2 pessoas


* Ingredientes:


- 2 filés de Atum (cerca de 200g cada) com pele, sem espinhas e sem escamas
- Azeite
- Mostarda Dijon
- Aveia
- Limão
- Sal e Pimenta do Reino



** Modo de Preparo:


1- Ligue o grill em temperatura alta;

2- Esfregue todo o fundo de uma assadeira com um pouco de azeite e acomode nela os filés de atum, com a pele para baixo, e tempere com sal e pimenta do reino a gosto;

3- Espalhe uma colher de chá de mostarda sobre cada filé;

4- Coloque a aveia em uma tigela, regue-a com um pouco de azeite e mexa;

5- Polvilhe um punhado de aveia sobre cada filé dando leves batidinhas. Depois disso, jogue mais azeite por cima dos filés e bata mais um pouco;

6- Coloque a assadeira sob a grelha preaquecida por cerca de 10 minutos, ou até que a aveia fique dourada e o peixe esteja completamente cozido;

7- Para servir, divida entre os pratos e acrescente um pouco de agrião fresco e uma cunha de limão para espremer por cima.


Voilá!






Fontes: "Jamie's Ministry of Food" - Penguin Books (2008)

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Saúde e Sabor


"Salada?! Ah não! Isso não vai matar a minha fome!"

Quantas vezes você já ouviu alguém dizer isso? 

Eu, particularmente, não só já escutei muito, como também, já disse essa frase algumas vezes. Então, descobri que uma salada não é feita apenas com folhas de alface e rodelas de tomate. 

É possível sim, manter uma alimentação saudável com sustância e muito sabor. 


 Salada de Massa Parafuso integral com Frango ao Pesto e Muzarela de Búfala

       

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Jantarzinho de uma segunda-feira...



Segunda-feira, 10 horas da noite marcando no relógio e bate aquela fome. Você, cansado, sem muita disposição, decide preparar um prato simples e rápido. Então, vamos para mais uma receita:


Picadinho de Filet Mignon com Cogumelos Paris ao Molho de Gorgonzola com Balsâmico Trufado




* Ingredientes:

- Picadinho de Filet Mignon
- Gorgonzola em cubos
- Cogumelos Paris picados
- 1/2 Lata de Creme de Leite
- Azeite
- Manteiga
- Salsinha picada
- Pimenta do Reino
- Balsâmico Trufado


** Modo de Preparo:

1- Em uma panela wok, aqueça 2 colheres de sopa de azeite. Depois, coloque os pedaços de filet mignon e os cogumelos picados. Mexa durante uns 5 minutos em fogo médio-alto e o picadinho estará pronto.

2- Paralelamente, numa panela com certa profundidade, em fogo baixo, coloque meia lata de creme de leite, 1 colher de sopa de manteiga, queijo gorgonzola em cubos, salsinha picada, pimenta do reino a gosto e 3 colheres de sopa de balsâmico trufado. Mexa durante uns 4 minutos em fogo baixo e o molho estará pronto.


*** Acompanhamentos:

- Uma simples salada de alface, tomate cereja, parmesão, azeite e pimenta.
- Batata frita ou Batata Sorriso


Bon Appetit!




domingo, 18 de setembro de 2011

Receita DKS: Risoto Baiano





* Ingredientes:


- Arroz Arbório (1 punho de arroz por pessoa)
- Caldo de peixe ou camarão (Pode ser o de caixinha mesmo)
- Camarão (descascados e limpos)
- Côco ralado

- Leite de Côco
- Alho picado
- Azeite de Dendê

- Queijo para ralar (Parmesão ou Grana Padano) 
- Cominho
- Limão
- Salsinha picada
- Cheiro Verde picado
- Pimenta do Reino
- Pimenta Calabresa




** Modo de Preparo:


1- Primeiramente, deixe os camarões, já descascados e limpos, misturados ao azeite de dendê, suco de limão, pimenta do reino, cominho e cheiro verde picado durante umas 2 ou 3 horas. Cubra e separe.


2- Em uma pequena panela (pode-se usar uma chaleira), prepare o caldo de peixe ou camarão no fogo médio e separe.


3- Em uma panela wok, aqueça três colheres de sopa de azeite de dendê, acrescente o alho picado, deixe dourar e junte os camarões, deixando-os fritar por uns 5 minutos, depois, acrescente o côco ralado e deixe por mais uns 3 minutos para que o mesmo queime um pouco, ficando com uma consistência mais crocante. Então, separe.


4- Em uma panela maior com profundidade, aqueça uma colher de sopa de azeite de dendê, acrescente o arroz arbório e deixe-o "fritar" durante uns 2 a 3 minutos em fogo médio. Após isso, coloque de 2 a 3 conchas de leite de côco na panela para "molhar" o arroz.


5- Ainda em fogo médio, deixe o arroz cozinhando até observar o leite de côco secar.


6- Depois disso, abaixe o fogo e continue com esse processo de "molhar" o arroz, só que agora, com o caldo de peixe ou camarão, separado anteriormente.


Obs: Nunca coloque todo o caldo de uma só vez na panela. Sempre coloque de 3 a 4 conchas de caldo por vez, espere "secar" e repita o processo quantas vezes forem necessárias, até o risoto ficar com a consistência desejada.


7- Pegue os camarões, separados anteriormente, juntamente com todo o marinado do recipiente, jogue-os na panela do risoto e misture de forma cuidadosa para que não agrida o arroz.



8- Polvilhe parmesão ralado, salsinha picada e pimenta calabresa por cima do risoto.


Voilá! Um prato típico da Itália com a cara do Brasil! Bon Appetit!!



sábado, 17 de setembro de 2011

Macarons






A história do nascimento do macaron    é tão controversa quanto a sua verdadeira receita. No entanto, há indícios de que tudo começou na Itália, durante a Idade média. Porém, no século XVI, o macaron se tornou bastante conhecido na França como o "Doce da Rainha". A sua popularização se consolidou a partir do século XIX, quando o doce assumiu, em 1830, a forma que a gente conhece hoje: dois biscoitos unidos em pares pelo recheio.






Receita    


* Preparação  

O método profissional consiste em  duas etapas: preparação da pasta de  amêndoas e do merengue italiano.       


** Ingredientes:  

- 2 x 300g de açúcar refinado     
- 2 x 110g de claras     
- 300g de farinha de amêndoa   
- 80g de água   
- Corante alimentar       

      
      
Pasta  de  Amêndoa  

1  -­‐  Preparar o tant-­‐pour-­‐tant (300g de farinha de amêndoa e 300 gramas de açúcar refinado);   
2  -­‐  Acrescentar 110g de clara;        
3  -­‐  Misturar até conseguir uma pasta homogênia;     
4  -­‐  Colorir, se assim desejar;    
5  -­‐  Reservar     


Merengue  Italiano  

1 -­‐ Na panela de inox coloque 300g de açúcar e a água. Levar ao fogo com o  termômetro de calda dentro da panela.     
2 -­‐ Coloque 110g de claras na batedeira, reserve. Ligue a batedeira quando a  temperatura da calda atingir 115oC.
3 -­‐ Desligue o fogo da calda quando a temperatura atingir 118oC.         
4 -­‐ Diminua a velocidade da batedeira e despeje com cuidado a calda dentro  da clara em neve.         
5 -­‐ Ao  terminar de despejar a calda, aumente novamente a velocidade da  batedeira     
6 -- O merengue tem que bater por aproximadamente 4 minutos ou até formar  um bico na ponta ("Bico de Pato") do batedor.     


Processo  de  Macaronage  

Junte o merengue à pasta de amêndoa, com a ajuda de uma espátula firme   ou uma colher. A massa deve ficar lisa, homogênea e um pouco grudenta.    
   
Massa pronta! Hora de passá-­‐la para o saco de confeiteiro. Logo depois, faça   pequenas bolinhas com firmeza e bem espaçadas. Por fim, deixe descansar por   alguns minutos e leve ao forno por aproximadamente 17 minutos, em temperatura aproximada de 150oC à 170oC.
  . 






Para o recheio, use a sua criatividade! 


Existem várias possibilidades para todos os tipos de gostos. Ganache de chocolate, Nutella, geléias de frutas, pasta de amendoim, são alguns exemplos.


Et voilá...

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Cursos de Gastronomia




Quer aprender a fazer as receitas do blog de forma simples e rápida?

A partir de Outubro, o Chef Diogo K. Sapienza estará disponibilizando alguns cursos gastronômicos específicos, aonde todas as preparações serão servidas aos alunos durante a aula, acompanhadas de vinho.


. As turmas serão formadas com 4 ou 5 alunos por aula.


. Cada aula terá uma duração média de 3 a 4 horas.




Aulas inaugurais


- Aula de Risotos:   

* Risoto de 3 Queijos com Alho-poró
* Risoto de Gorgonzola com Nozes
* Risoto de Camarão com Champagne
* Risoto de Funghi



- Aula de Sopas e Cremes:   

* Creme de Brócolis com Queijo
* Creme de Cogumelos Paris
* Caldo Verde  
* Sopa de Cebola



- Aula de Saladas:  

* Salada de Massa Parafuso com Frango ao Pesto
* Salada Caesar
* Salada Caprese
* Cuscuz Marroquino 



Reserve já o seu lugar!

contato@nightchef.com
(21) 8118-7878

quinta-feira, 15 de setembro de 2011

Djhana: Brasil, Colômbia, Costa Rica e Índia, juntos em um só café



A Nespresso lançou um novo blend exclusivo para o 2º semestre de 2011. A marca lança dois blends especiais por ano, que ficam à venda durante 11 semanas, sendo que alguns não duram todo este tempo nas prateleiras - o último lançamento (Onirio - Um blend dos melhores cafés da Etiópia) acabou em apenas quatro semanas e meia. O novo blend foi apresentado na última terça-feira (12) durante uma degustação na Boutique Nespresso, em São Paulo.

Com o nome de Djhana, que é a união dos nomes Jahna e Dhiana, o blend possui certificado AAA de sustentabilidade. Além disso, contempla quatro países para a formação do sabor equilibrado e intenso do café: Costa Rica, Colômbia, Índia e Brasil. Stefan Nilsson, diretor da Nespresso na América Latina, comentou sobre a dificuldade de fazer com que produtores de países como Colômbia pensassem a longo prazo, ou seja, na produção do grão do café de acordo com a sustentabilidade. "Convencer sobre o processo de plantação sustentável é como um trabalho psicológico" comentou Nilsson sobre a dificuldade em fazer com que os 6.000 produtores de café na Colômbia se tornassem sustentáveis.


Expresso Dulce, drink especial preparado com o Djhana



Na degustação do café, o Coffee Somemelier Vitor Gabira ressaltou as características do sabor do café, reforçando que os quatro grãos possuem sabores diferentes que se complementam para o café ser encorpado, aveludado e adocidado, deixando um amargor no final que vem da torra.

A cada lançamento de um blend especial, a Nespresso traz harmonizações e drinques que acompanham a exclusividade do café. Para o Djhana, o acompanhamento pode ser de pão de queijo com requeijão e doce de leite ou um brigadeiro de avelãs. Cada acompanhamento ressalta uma característica diferente do café. Também foram desenvolvidos por coffee sommeliers da Suiça quatro drinques que reforçam as peculiaridades de cada país: o Capuccino, preparado com espuma de café e avelãs crocantes; o Expresso Dulce, com doce de leite e caramelo crocante; o Momento Refrescante, que é feito com o café gelado e acompanha syrup de Cranberry; o Café Thai, feito com espuma de leite com especiarias.

No Brasil, O Dhjana estará disponível a partir de 19 de setembro de 2011.




Fontes: http://www.gastronomiaenegocios.uol.com.br/
           http://www.nespresso.com/

terça-feira, 13 de setembro de 2011

Receita DKS: Creme de Cogumelos com Grano Padano no Pão Italiano



* Ingredientes:


- 2 Pães italianos médios ou grandes;
- 500g de Creme de leite fresco;
- 300g de Cogumelos Paris picados;
- 200g de Queijo Grano Padano ralado;
- 3 Tabletes de Caldo de Cogumelos ou Legumes;
- Salsa picada;
- Sal e Pimenta a gosto;


** Modo de Preparo em 5 etapas:


1- Em uma panela com profundidade, aqueça em fogo baixo, 250g de creme de leite e os três tabletes de caldo de cogumelos ou legumes. Tempere a gosto e separe.

2- Em um liquidificador, bata 250g de creme de leite e 300g de cogumelos picados. Separe.
3- Misture o concentrado do liquidificador com o creme de leite e os tabletes de caldo, na panela com maior profundidade. Deixe cozinhando em fogo baixo durante 20 minutos.

4- Enquanto isso, pegue os pães, retire a tampa e o miolo de cada um. Recheie as paredes interiores de cada pão com 50g de queijo grano padano ralado.

5- Coloque a quantidade desejável de creme de cogumelos no interior de cada pão e finalize polvilhando o restante do grano padano ralado e um pouco de salsa picada, por cima do próprio creme.


*** Dica do Chef:
Uma taça de vinho tinto seco para acompanhar, é a perfeita combinação para esse final de inverno. Bon Appetit!




segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Receita DKS: Cuscuz Marroquino




  * Ingredientes


- 180g de cuscuz marroquino (semolina)
- 250ml de caldo de legumes ou caldo de frango
- 1 colher (sopa) de manteiga
- 1 cebola cortada em pequenos cubos
- 1 tomate cortado em pequenos cubos

- 1/2 pimentão amarelo cortado em pequenos cubos
- 20g de uvas passas
- 20g de nozes processadas
- Salsa picada

- Hortelã picado
- Sal e pimenta a gosto
- 50ml de suco de limão




** Modo de Preparo:

1- Em um recipiente, "molhe" o cuscuz com o caldo quente de legumes ou de frango e deixe descansar por cerca de 10 minutos. Então, separe.

2- Em uma panela com certa profundidade, aqueça a manteiga e refogue, em fogo médio, a cebola, o pimentão e o tomate (todos já picados em cubos). Depois, apague o fogo, e adicione as uvas passas e as nozes.

3- Deixe esfriar um pouco, e então, misture na panela do refogado, a semolina já "molhada" que estava descansando separadamente.

4- Tempere com sal e pimenta, finalizando com o suco de limão, a salsa picada e o hortelã picado



***Dica do Chef:

Para decorar seu prato, utilize folhas frescas de hortelã e adicione algumas gotas de tabasco.


domingo, 11 de setembro de 2011

École Ritz Escoffier Paris

Chef Diogo K. Sapienza
                                                                                                                                                          

"Quando César Ritz inaugurou seu majestoso Hotel da Place Vendôme, em junho de 1898, estava revolucionando o conceito de hotelaria de seu tempo. Construído por Hardouin-Mansart, o arquiteto de Versailles, o Hotel Ritz de Paris, com seu requinte, charme e sofisticação, introduziu novos hábitos e modas, dando um destaque especial à gastronomia. Monsieur Ritz decidiu fazer do restaurante um grande diferencial do Hotel e, para chefiar sua cozinha, escolheu Auguste Escoffier, o "Rei dos Chefs e o Chef dos Reis", o maior nome da moderna culinária francesa, profissional criativo, de idéias arrojadas, com perfeito domínio da técnica. Não por acaso, o Hotel Ritz tornou-se uma das maiores estrelas da culinária francesa e passagem obrigatória para gourmets de todo o mundo.


Nascida junto com o Hotel, sua famosa e tradicional escola, a Ritz Escoffier École de Gastronomie Française, vem, ao longo do século, difundindo a cultura gastronômica francesa e ensinando a técnica do grande mestre a profissionais de todos os cantos do planeta. A Escola possui uma programação variada, que inclui cursos técnicos de formação profissional para chefs de cozinha e pâtissiers, e cursos específicos para profissionais das mais variadas áreas e aficionados da gastronomia, desejosos de ampliar seus conhecimentos no assunto. 








Com um time composto por 80 especialistas em diversas disciplinas que se complementam, o treinamento vai muito além das instruções padrão, numa infra-estrutura invejável que conta com 2 cozinhas/salas de aula completamente equipadas, biblioteca e sala de leitura. Cada turma tem no máximo 12 alunos e ao final de cada aula é feita a degustação e discussão dos pratos preparados. Todos os cursos são dados em francês e têm tradução simultânea para o inglês."









Para saber mais sobre a École Ritz Escoffier: http://www.ritzescoffier.com/


Fonte: Abaga - Associação Brasileira de Alta Gastronomia: http://www.abaga.com.br/